Planejar uma viagem pode ser uma tarefa difícil. Mas, se você seguir um passo a passo tudo fica mais fácil. Pensando nisso, separamos 8 dicas essenciais, na hora de planejar uma viagem.

8 Dicas essenciais para planejar uma viagem

1. Comece com o Orçamento

Planejar uma viagem começa definindo o orçamento. Porque, destino, passagens, hospedagens, passeios, tudo depende de quanto você pode gastar. Todos os serviços devem encaixar no seu bolso. Então, calcule quanto você pode gastar nessa viagem e qual seria a forma de pagamento.

2. Escolha do Destino

A escolha do destino depende diretamente de quanto você pode gastar. Selecione pelo menos três opções de possíveis destinos. Porque, ter mais opções faz com que você tenha mais opções de preços e promoções. Assim, você pode escolher qual oferece melhor custo benefício.

Depois de selecionar as opções, veja o período que você tem para viajar. Deve tomar cuidado com alguns lugares, como o Caribe para não comprar passagem em época de furação. Ou ir para a Ásia em época de ventos fortes.

Então, na hora da pesquisa veja qual a melhor época para ir nesses destinos escolhidos. Qual o período de baixa e alta temporada, qual o clima predominante.

3. Compra das Passagens

Certamente, você já sabe que deve realizar a compra das passagens com muita antecedência para evitar os preços absurdos.

Antes da compra, pesquise em sites que oferecem comparação de preços. Como o Skyscanner, que serve apenas para comparar os preços das passagens aéreas em inúmeras companhias aéreas e agências de viagem. Se achar uma opção maravilhosa, o Skyscanner te redireciona para o site da agência. Assim, você efetua a compra. Outros comparadores de preços são o Momondo e o Voopter.

O ideal é que você pesquise em pelo menos 3 comparadores de preços, assim você fica por dentro da maioria das opções no quesito passagens. Além disso, alguns deles oferecem a opção de colocar um alerta de promoção que será enviado no seu email.

Você pode também pesquisar nas agências online e no site das companhias aéreas. Como a Submarino Viagens, agência de viagens online, com a opção de já fazer reserva e pagamento direto no site.

Quer mais dicas sobre passagens áreas? Então, leia este outro artigo!

4. Escolher a hospedagem

Nesse quesito, existem opções para todos os bolsos. Mas, com certeza o ideal é pesquisar e fechar a hospedagem com antecedência. Porque, assim você tem acesso as melhores ofertas, por conta da baixa demanda.

É possível optar por usar aplicativos de aluguel de casas, quartos e apartamentos. Como os famosos aplicativos Airbnb, Booking, TripAdvisor, Hotel Urbano e Trivago. Mas, também pode optar por pousadas, hotéis e resorts.

Sempre compare o custo benefício do lugar. E não se esqueça de sempre pesquisar a hospedagem com a data da viagem, para evitar se confundir nos preços. Pois, eles ficam mais caros dependendo da data, como fins de semana, feriados e datas comemorativas.

O endereço também faz parte da análise do custo benefício, a hospedagem pode ser barata. Mas, longe dos passeios que quer fazer, então sempre observe a distância. Para evitar gastar mais em transporte.

Sempre cheque se a locação e o vendedor possuem críticas, e se elas são boas ou ruins. Se possível, tire suas dúvidas com o hospedeiro, antes de reservar, para evitar cobranças.

5. Selecione os lugares que você gostaria de visitar

Pesquise quais as principais atrações do seu destino. Uma dica é pesquisar “O que fazer em …” e colocar o nome do destino. O Google fornecerá milhões de sites com essa temática, sugerindo passeios, restaurantes, pontos turísticos e tudo mais.

Indicações de pessoas que já foram ou pesquisam muito sobre o destino que você irá viajar. Anote tudo que gostar. Pesquise essas anotações de passeios no Google, e verifique notas e comentários. Assim você fica mais assegurado, que realmente são indicações boas.

Depois de escolhidos os passeios e serviços, faça uma planilha com os lugares e seus respectivos horários de funcionamento e endereços.

Além disso, nesta planilha devem estar as informações de despesas, como o valor do ingresso. Assim, você organiza seu cronograma diário e a controla seus gastos.

6. Organize a sua programação diária

Pegue a planilha e mapeia os pontos de interesse para organizar seu itinerário. Este cronograma diário serve para evitar imprevistos e a perda de tempo durante a viagem.

Este planejamento te possibilita organizar os passeios de acordo com proximidade, sem precisar ficar viajando muito de carro. Assim, evitando ficar no trânsito atoa também.

Entretanto, lembre-se de não colocar passeios de mais e nem de menos. Se colocar passeios de mais, pode ser que sua experiência acabe sendo muito superficial. Pois, a sua vontade será de fazer tudo e assim você acaba curtindo menos o momento.

7. Peça dicas a quem mora no lugar

Ninguém conhece melhor as atrações de um destino do que seus habitantes. Então, procure pessoas que morem e pergunte a elas indicação de passeios. Principalmente, no quesito alimentação, as dicas geralmente são ótimas.

8. Explore os aplicativos

Hoje em dia existe aplicativo para tudo e você pode usar isso a seu favor. Como, aplicativos para previsão do tempo, saber o clima te ajudará a fazer as malas.

Para conseguir a hospedagem ou até fazer a própria planilha de organização no celular. Além disso, pode ser usado aplicativos de mapas, como GPS.

Para conseguir passagens, baixe os aplicativos: Melhores Destinos e o Passagens Imperdíveis, disponíveis para Android e iOS.

Enfim, são inúmeros tipos de aplicativos. Já fizemos um artigo sobre aplicativos que podem ser úteis em uma viagem, clique aqui para ler.

Conclusão

Enfim, agora que você já conferiu nossas dicas para planejar uma viagem, está na hora de planejar a sua né? Se você não se sente confortável fazendo tudo sozinho, entre em contato conosco podemos te ajudar.